quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

Resoluto

Estive atolado em paragens, levei com jarros de água da sarjeta, fiquei condicionado pela espera em apeadeiros, preso na lama, enforcado no estendal da roupa, tratem-no como quimérico este meu mundo, atirem-lhe utópico para cima, mas neste momento aprecio o olhar de quem me ama, de quem quero que me ame, que me compreenda e que despolete o que de bom tenho dentro de mim, sinto-me feliz, sinto-me excitado pelo seu ondular, pelo seu esvoaçar ao meu lado...

20 comentários:

Anónimo disse...

tu agora vais descobrir que a natureza é um monte de amor, e está aí mesmo ao teu lado e dentro de ti, e a entrar-te nos pulmões,

(já sei daquilo do beijo da morte também, ponho a condição de que quero a pata em cima do coração, o resto que se lixe)

Astrid disse...

... "smile though your heart is aching, smile even though it's breaking, when there are clouds in the sky, you'll get by"...

Anónimo disse...

isso, mas eu não sei se ainda cá tenho umas missões a cumprir, disso os deuses é que sabem,

punha-te aqui o friday night in s francisco mas agora estou muito sosegado, com a cauda em cima das patas

Anónimo disse...

hoje ainda quase não comi, daqui a hora e meia vou comer como um leão, fica tudo lambido como é devido

Astrid disse...

...may all of your dreams come true, I want this for you...

Anónimo disse...

e eu dou-te mordidinhas no pescoço e tu ronronas como um leão,

vi-os no Krueger park, boa vida é o que é, sempre ao Sol

Astrid disse...

leões a ronronar? eu acho que eles pulam etapas e rugem imediatamente... mas, enfim cada felino que faça a sua escala ...:)
^ = ^

Anónimo disse...

pois, acho que és mais realista, ao Sol a piscar os olhos ficam,

mas eu gosto muito de girafas, fazem mesmo pose para a foto

Astrid disse...

hum, sei... quantas inclinações... és uma verdadeira ode à preservação da vida selvagem... viva aos tigres e tigresas da estepe...

Anónimo disse...

e podes não acreditar mas até vi num safari nocturno uma grande bola de pêlo malhado no meio de um monte de pedras preciosas azul-verdes, esses eram os olhos das impalas deitadas e a bola eram duas hienas enroscadas lá no meio, tudo sossegado a preparar para dormir,

e um rinocerante branco possante que não gostou dos faróis

(estou é aqui a lamber-me mas o restaurante só abre ás 19h, mas é mais por causa da mousse)

Anónimo disse...

hoje já me esgatanhei todo por aí online, tá de chuva, e amanhã tenho que descascar matematicamente uma coisa bonita que se chama catástrofe borboleta, vá lá que conheço as técnicas todas

Astrid disse...

... eu veja bem que Astridzinha nunca precisou comprar passagem aérea para fazer um safari... caminhava para aí uns 45/50 minutos, entrava no parque, sem pagar obviamente, sentava no jipe e pedia simplesmente que me levassem pelo parque... e podes acreditar, que eu tb acredito em ti... e nunca vi rinocerante branco... fica aqui uma boa sugestão p/ as próximas férias... :) mousse? mousse? não digas mais nada... nada... :)

Anónimo disse...

pois, e eu a lamber-me com a mousse também, ainda faltam 20 m

que prática: logo no parque,

eu também mas é outros bichos, ou melhor os mesmos metamorfoseados

sem chuva

Canto Definido disse...

Boas noites estimados clientes, estabelecimento cheio, a abarrotar, jorro felicidade :)

Astrid disse...

Anó, estás mesmo a precisar de desabafar... deves estar mesmo a precisar deuma mousse... caia logo de boca... lololol

Anónimo disse...

quase,

um pouco mais de azul e ataco,

um último cigarro,

'té

DANTE disse...

Mas em todo o caso toma um banhinho tá beim? lolololol

Um abraço

Anónimo disse...

sopa de hortaliça com feijão branco
pernil de porco assado no forno
mousse compactada em quase-bolo

retreat

Canto Definido disse...

Vejam lá isso que não tenho licença, é só café mesmo, vêm cá os tipos da ASAE e fecham-me o blog....

Anónimo disse...

um kpk aqui