terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Par de Sapatos

De cada vez que uma peça de vestuário ou calçado se encaixa perfeitamente no meu corpo lembro-me daquilo que entendo por amor, quando avistamos alguém que nos desperta alguma curiosidade exigimos uma série de desafios afim de determinarmos se essa pessoa coaduna connosco, fica o exemplo de um par de sapatos, em exposição estão colocados de forma a atrair o maior numero possível de clientes, tudo parece apontar para um artigo de qualidade, temos então a prova necessária para inventariar todos o defeitos iniciais, ficamos por assim dizer satisfeitos com a boa aquisição, passamos à prática, o dia a dia em que sentimos a dificuldade de adaptação, com ou sem um esforço imposto, podemos pedir uma devolução e passamos ao item que os substitui ou então conformarmo-nos sem reclamar, sabendo que eventualmente funcionarão como parte de nós, e talvez seja dessa forma que encontramos aquilo que pretendemos, os que estão dispostos a aguentar mais um pouco, são esses que se deixam levar por toda a experiência e partilham o verdadeiro conforto, todos os outros reiteram.

9 comentários:

Sanxeri disse...

Adorei. :)

O amor implica esforço, tal como muitos saptinhos de mulher. :P

Julieta disse...

É verdade... mas não vale a pena andar a namorar saltos altos quando o nosso pé está habituado a sandália da tiras... ;)

Canto Definido disse...

Julieta: As sandálias esgotam-se rapidamente :(

Canto Definido disse...

E eu continuo descalço :(

Francesa disse...

Não precisas de calçado, eu levo-te ao colo...

Julieta disse...

Canto: não estarás a usar o número errado? :)

Canto Definido disse...

Francesa: Eu sei que sim ;)

Julieta: Talvez ;)

Exinha disse...

Adorei o texto, porque há muitos mais objectos que são como o amor. O amor, é então, tão dificil de " calçar" depois de uma desilusão, como uns sapats que nos maguaram da ultma vez que os usamos .
Vanessa

Exinha disse...

Adorei o texto, porque há muitos mais objectos que são como o amor. O amor, é então, tão dificil de " calçar" depois de uma desilusão, como uns sapats que nos maguaram da ultma vez que os usamos .
Vanessa