quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Saborear

Justiça seja feita, continuo ao abrigo deste salto ocasional, como seria se me ausentasse do meu corpo, se porventura me ocorresse procurar outro mais confortável, com vista para outras vidas, que estivesse de acordo com os meus propósitos, com a minha diversidade, de momento recolhida e abandonada, não obrigatoriamente idêntico ao actual pois estaria a reencontrar-me, gostaria sim de experimentar um novo exterior, aprender novamente todos os movimentos simples para que me pudesse preparar de modo a aperfeiçoa-los durante todos os instantes facultados, quero poder acrescentar a essa reunião o espevitar de um acto dito impraticável e absurdo, quando acontecerá?

2 comentários:

Paulo disse...

procura bem em pequenos armários. Mas previno-te já que há Malkovich's muito estranhos...
também corres o risco de encontrar um coelho apressado e uma rainha de copas
e agora que penso nisto, entrar o tal armário e encarnar este canto definido pode ser uma viagem numa montanha russa sem fim à vista

Ps:estas palavras aqui em baixo, anti-spam, não param de me surpreender. Já apanhei polvilhar e agora copular. só ainda não percebi o bonequinho numa cadeira de rodas...

Canto Definido disse...

Lá se foi o boneco :)