terça-feira, 24 de março de 2009

Apetece-me doce de figo com canela…

Estou deprimido, e neste momento não me consigo levantar, não tenho a vida com que sonhava e a partir de determinada altura foram-se-me os objectivos pelo cano abaixo, acho que as pessoas não vêm com bons olhos o smog cinzento que paira sobre mim, das cordas vocais desafinadas só me saem silêncios, e os que me rodeiam não tem ajudado muito pois estão em situações semelhantes, não lamento fazê-lo por estes lados pois sabe-me bem partilhar, torna-se frustrante criar sorrisos mecanizados e uma vida que não está lá, quando começo a pensar nas coisas horríveis pelas quais algumas pessoas passam, tento perceber o porquê deste drama todo, porquê estes problemas para os quais não encontro solução, vou observando esta borracha gigante que me apaga pouco a pouco até não sobrar nada, e não a consigo impedir alcançando-a pois os braços já lá não estão, merda de vida e estado emocional, eu sei que faz parte, mas só consigo assistir ao sofrimento ininterrupto, os canais estão sintonizados mas só aparece chuva no ecrã da televisão, é o que tenho dito, nem sempre levo flores, nem sempre tenho anedotas para contar, o idiota da côrte está de folga, ficou o dark knight com o cavalo abatido a esvaziar-se em sangue mesmo em frente ao rei.

(o título não tem nada a ver, mas isso não interessa mesmo nada, apeteceu-me e pronto! e diospiros também)

4 comentários:

Sanxeri disse...

Ha dias assim, em que o animo nao existe. As horas custam a passar.

Quando estou assim, meto-me na cama. Enquanto durmo nao penso no que me faz sofrer.

Sayuri disse...

Sincero e transparente o teu post!
O doce de figos ficou atravessado! :D

Canto Definido disse...

De um momento para o outro as horas transformaram-se em segundos...

Doce de tomate ;)

Sayuri disse...

E doce de abobora! :)